Estado | Otimismo marca abertura da 47ª Couromoda
13/01/2020

A cerimônia de abertura da 47ª Couromoda, na manhã desta segunda-feira, em São Paulo, contou com a presença do deputado federal Lucas Redecker

Ao lado dos governadores Eduardo Leite (RS) e de João Doria (SP), além do fundador e presidente da feira, Francisco Santos, Redecker destacou as medidas recentemente anunciadas pelos dois governadores e que devolveram a esperança aos calçadistas. “Os governadores adotaram medidas que tornaram o setor coureiro-calçadista brasileiro novamente competitivo. Eles entenderam e atenderam a necessidade do setor, que emprega muito e dá resultados rápidos à sociedade”, afirmou Redecker.

Para o parlamentar, é preciso reduzir o “custo Brasil”, para que o setor possa competir em condições de igualdade com os seus concorrentes. “A hora trabalhada no setor calçadista aqui no Brasil é de US$ 4,05, enquanto na China é US$ 2,58, Índia US$ 0,95 e no Vietnã US$ 1,65. Ou seja, a nossa indústria, em alguns momentos, custa quatro vezes mais em relação aos concorrentes. É esse custo Brasil que precisamos eliminar”, declarou.

Redecker destacou ainda que o primeiro ano da frente parlamentar, em parceria com entidades de classe ligadas ao setor, serviu para construir uma pauta de trabalho com o governo federal. Em duas ocasiões, destacou, ocorreram também reuniões no Ministério de Economia para tratar sobre a abertura econômica do país, “a qual somos favoráveis, mas que possamos antes nos tornar competitivos”, destacou.

O fundador e presidente da Couromoda, Francisco Santos, abriu a cerimônia lembrando que diversos são os sinais que permitem vislumbrar um ano promissor, com uma lenta, porém firme, retomada do consumo. "As vendas da Black Friday e de final de ano foram muito boas e tivemos o melhor Natal dos últimos anos, o que animou o varejo e deve garantir a boa visitação e a retomada dos negócios que teremos nestes três dias aqui no Center Norte", ponderou.

Conforme Santos, os complexos ajustes e as primeiras reformas saíram do papel e outras devem acontecer neste ano, garantindo novos empregos, mais renda e retorno do crescimento. "Mas é notável o que aconteceu em São Paulo e no Rio Grande do Sul, polos que têm tradição centenária na fabricação de calçados e que mereceram de seus governos uma atenção que o setor já não tinha há décadas”, afirmou.

Agenda de desenvolvimento

Em sua fala, o governador Eduardo Leite destacou a força do setor no Rio Grande do Sul e os decretos publicados na última semana de 2019, um deles envolvendo o primeiro Pacto Setorial Cooperativo e as mudanças tributárias na área, com a redução da alíquota para 4%.

“Tomamos providências olhando para esse setor (coureiro-calçadista) que gera empregos de forma intensiva e, por isso, mereceu um olhar especial da nossa gestão. Fizemos isso certos de que nossa indústria responderá a esta nova condição tributária com investimentos, estimulando toda a cadeia produtiva no RS e, portanto, gerando mais empregos e renda para a nossa população”, afirmou o governador.

Leite ressaltou que a agenda de desenvolvimento colocada em curso é focada em incentivar os empreendedores a permanecerem e ampliarem os investimentos no Estado, apostando numa agenda de desenvolvimento sustentada no pilar: redução de burocracias, tributos e custos logísticos.

"Não existe programa mais efetivo para melhorar a vida das pessoas do que a geração de empregos, renda e autonomia para a população. Mas quem gera empregos não é o governo. A nós, governantes, cabe a tarefa de restabelecermos as condições para que isso aconteça”, disse.

O governador do RS também recebeu uma placa das entidades gaúchas do setor calçadista, entregue pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha, Marcelo Lauxen Kehl.

O setor em números

A exportação de calçados cresceu 3,8% em 2019. Foram exportados 30,64 milhões de pares para o exterior, sendo os principais destinos os Estados Unidos, Argentina e França, respectivamente, totalizando US$ 444,7 milhões em negócios. Os gaúchos são responsáveis por 44% de toda a exportação brasileira no setor. A indústria emprega cerca de 90 mil pessoas no RS.

 

FOTO: Rodger Timm

voltar

Resultado da loteria

Extração nº 5478
Realizada em 04/07/2020
1º - 060674
2º - 007867
3º - 027005
4º - 004814
5º - 054457

Recados

01/07/2020 08:31:13
Janaina Canabarro
Bom dia JD! Manda uma abrao para Ligia minha irma que esta de aniversrio hoje esta mos em canabarro.

14/06/2020 16:16:34
alert('')
alert('Boa Tarde Teutonienses de Lajeado. Tenham uma boa noite e um bom caf da manh')

07/06/2020 21:57:47
NETO
Boa noite. Sou radioamador aqui em Minas Gerais, e a uns 20 anos atrs, eu tinha um grande amigo muito conhecido a em Teutnia. Era meu amigo ARCELOR. Parece-me que ele fazia parte de uma banda folclrica de Teutnia. Algum teria notcias dele ? Muito obrigado e saudaes, CIRO ( ALEMO ) E-MAIL : newtontencel@gmail.com

10/05/2020 13:59:30
CAFW
um abraco ao colega Adlio Konrasch


2012 Rádio Tirol FM 87.5 Fone: (51) 3762-3035. Todos os direitos reservados.