Teutônia | Cooperativa Languiru presta contas do exercício de 2023

01/04/2024

Confira:

Na última terça-feira, 26 de março, na sede da Associação dos Funcionários da Languiru, em Teutônia, a Cooperativa Languiru realizou a Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária de prestação de contas do exercício de 2023. Com a terceira e última convocação realizada às 9h30min, e a presença de 235 associados, tivemos a realização da assembleia, com primeira parte no turno da manhã e segunda parte no turno da tarde.

 

Paulo Roberto Birck, Presidente Liquidante, apresentou os dados dos segmentos da Cooperativa, comparando os anos de 2021, 2022 e 2023. Com uma extensa apresentação, demonstrou aos presentes a condição atual da Cooperativa, reforçando a importância deste movimento da Liquidação Extrajudicial em Continuidade de Operação para a manutenção das atividades. Ainda, destacou que isso é muito importante para os credores. Segundo Birck, “a retomada das atividades da Cooperativa é importante tanto no aspecto social, para o produtor voltar a trabalhar e gerar riqueza, quanto no aspecto econômico, quando demonstrarmos aos nossos credores que com o devido tempo cumpriremos nossas obrigações”.

 

Prestação de contas

Foram apresentados os números do exercício de 2023, com perdas de R$469 milhões. Ainda, fora necessário realizar um ajuste nas contas de 2022, com aumento de R$122 milhões de perdas a serem somadas ao exercício de 2022. Destacou Birck: “O balanço que nos foi apresentado na assembleia de 2023, pela administração do antigo presidente, deixou de lado muita coisa. O ativo biológico teve uma valorização totalmente fora da realidade, e foi o principal responsável por este necessário ajuste das perdas de 2022”.

 

De fato, no ano de 2022 o balanço teve um apontamento de valoração do ativo biológico na ordem de R$92 milhões. Com a revisão das contas e o acompanhamento que está sendo realizado pela auditoria independente, a valoração do ativo biológico atingiu um montante de R$22 milhões, diferença relevante. O auditor independente José Roberto Simas, da empresa Dickel & Maffi Auditoria e Consultoria, acompanhou a assembleia e explicou sobre este e outros pontos que impactaram neste ajuste das contas de 2022.

 

O ingresso no estágio da Liquidação Extrajudicial implicou na realização do Balanço Especial, realizado em julho de 2023. Este movimento serviu para, de fato, uma reorganização contábil da Cooperativa e da operação. Como indicou Birck: “Fizemos este movimento de organizarmos toda nossa operação e contabilidade. A liquidação está servindo para alinharmos nossa operação e pensarmos na continuidade da Cooperativa e em cumprirmos nossas obrigações”.

 

O Conselho Fiscal apresentou seu parecer sobre as contas. Remetendo-se ao parecer da auditoria independente, indicou à assembleia pela aprovação das contas do exercício de 2023. Na sequência, as contas foram aprovadas em duas rodadas de votações. Na primeira parte, no período de janeiro a julho de 2023, em regime Ordinário. Após, no período de agosto a dezembro, em regime Extraordinário.

 

Reforma do Estatuto

Avançando na pauta prevista para o dia, tivemos a criação da Comissão para Reforma do Estatuto, com a indicação e apresentação voluntária de seus integrantes. A comissão trabalhará com as equipes internas para a formatação de um novo estatuto, atualizado aos anseios dos produtores e pensando no futuro da Cooperativa. Aprovada a criação da comissão, além da equipe técnica e administrativa, ela será composta pelos seguintes associados: Marco Lagemann, Matheus Henrique Schneider, Ito Sand, João Luiz Theves, Sueli Terezinha Junqueira, Ivete Gutjahr Schaffer, Flavio João Walter, Rejane Lagemann.

 

Birck destaca que a Comissão para Reforma do Estatuto terá relevante papel: “Nosso estatuto é desatualizado. Precisamos atualizar nosso modelo de governança, colocar a Languiru em um patamar de competitividade. Temos de nos manter unidos, buscando melhores negócios e um futuro melhor para a Cooperativa”.

 

Participação dos associados

A assembleia foi marcada por uma grande participação dos associados em momentos de manifestação. Desde que Birck assumira a Cooperativa, as assembleias e reuniões abertas contam com incentivo para a participação e espaço de fala dos associados. Dirigindo-se à frente da assembleia, com microfone na mão, dezenas de associados expuseram suas opiniões e contribuições, buscando encontrar o melhor rumo para a Languiru.

 

Nesta oportunidade, tivemos a participação de dois ex-presidentes da Cooperativa, Dirceu Bayer (gestões de 2002 a 2023) e Hércio Krabbe (gestões de 1986 a 2002). Na parte da manhã, Bayer manifestou-se defendendo movimentos adotados pelas suas gestões. De forma ordeira e respeitosa, diversos associados igualmente tomaram a palavra e trouxeram suas opiniões, rebatendo os argumentos trazidos pelo ex-presidente Bayer.

 

Na parte da tarde, Krabbe tomou a palavra para trazer elogios à atuação da auditoria independente, indicando que os movimentos tomados pela atual gestão, ainda que severos, são importantes para a continuidade da Cooperativa.

 

Com participação significativa dos associados presentes, e a demonstração de união em torno da Cooperativa, Birck conclui que “somente com união demonstrada nesta dura assembleia poderemos e iremos enfrentar este momento. Vamos reescrever a história do cooperativismo, e isso não é pouca coisa”.

 

 

Marketing Languiru

 

 

voltar

Resultado da loteria

Extração nº 5857
Realizada em 13/04/2024
1º - 076714
2º - 027969
3º - 003880
4º - 041316
5º - 023142

Recados

04/03/2024 07:39:17
Rosmar Adriano SilvaRio claro
A programaao da radio tem programas relacionados a novas amizades namoro,troca de telefone, redes sociais etc??

25/01/2024 11:02:16
Ana
Sou de Westflia, gostaria de participar

09/01/2024 12:17:19
Raide alesgut
bom dia com alegia para vocs da Tirol....

21/12/2023 15:00:24
jodiane
feliz natal


2012 Rádio Tirol FM 87.5 Fone: (51) 3762-3035. Todos os direitos reservados.